Reino Unido inicia ensaio de vacina resistente a todas as variantes

O ensaio será realizado no NIHR Manchester Clinical Research Facility e na Manchester Royal Infirmary, parte do Manchester University NHS Foundation Trust (MFT)

Já começou a ser testada uma vacina ‘multivariante’ da Covid-19, lançada pela empresa farmacêutica norte-americana Gritstone em colaboração com a Universidade de Manchester e a Manchester University NHS Foundation Trust.

De acordo com os cientistas, o fármaco denominado GRT-R910, que inicialmente está a ser testado em pessoas com mais de 60 anos, tem a capacidade de aumentar a resposta da primeira geração de imunizantes contra a Covid-19 a várias estirpes do  SARS-Cov-2, revela um comunicado de imprensa divulgado pela Universidade de Manchester, no Reino Unido.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

O ensaio será realizado no NIHR Manchester Clinical Research Facility e na Manchester Royal Infirmary, parte do Manchester University NHS Foundation Trust (MFT).

No MFT, o ensaio está entregue à Research and Innovation Vaccine Team.

Andrew Clarke, um voluntário de 63 anos, foi o primeiro a receber a vacina seguido pela sua esposa Helen, de 64 anos. Ambos reformados e residentes em Bolton.

Igualmente apoiado pela Health Innovation Manchester, espera-se que o ensaio recrute um total de 20 voluntários e que os primeiros dados acerca da eficácia e segurança da vacina sejam divulgados no primeiro trimestre de 2022.

Os resultados dos estudos pré-clínicos que levaram ao desenvolvimento da vacina serão publicados conjuntamente pela farmacêutica Gritstone e pelos Institutos Nacionais de Saúde no final do ano.