Assembleia Legislativa de Rondônia sediou o I Pitch Day promovido pela Fapero

Assembleia Legislativa de Rondônia sediou o I Pitch Day promovido pela Fapero

A Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e a Pesquisa(Fapero) realizou, na tarde da última quarta-feira (20), no plenário da Assembleia Legislativa de Rondônia, o Pitch Day.

O evento que teve apoio da Casa de Leis de Rondônia e do Governo do Estado, teve como objetivo a apresentação de projetos para possível apoio financeiro das indústrias beneficiárias da política de incentivo por parte da Superintendência da Zona Franca de Manaus(SUFRAMA) que é uma autarquia do Governo Federal.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Mulher - 970

O deputado estadual Cirone Deiró(Podemos) fez a abertura do encontro, dando as boas-vindas da ALE-RO aos participantes.

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) foi uma das instituições que participou do Pitch Day, apresentando a estrutura e algumas das pesquisas que estão desenvolvidas nos campuses distribuídos no estado vizinho.

A ONG rondoniense Ecoporé esteve no evento e mostrou como ela é composta e as atividades de preservação ambiental encabeçadas pela organização em Rondônia. Foram destacados os projetos “Viveiro Cidadão III” e o “Nossa Floresta, Nossa Casa”. Este último é desenvolvido em aldeias indígenas rondonienses.

A Fundação Oswaldo Cruz, em Rondônia, também participou do Pitch Day. A entidade é uma das referências nacionais no campo de estudo de doenças tropicais e saúde pública. O pesquisador Quintino Moura Dias Junior, da Fiocruz, falou sobre os analgésicos desenvolvidos pela instituição.

Pesquisadores da Fiocruz apresentaram também o estudo ‘Nanocorpos, Uma Nova Geração de Insumos Para o Diagnósticos de Precisão’, que também está sendo desenvolvido em Rondônia, sendo voltado para pacientes que possuem hepatite.

A Universidade Federal de Rondônia(Unir-RO) apresentou alguns projetos que estão sendo desenvolvidos. O Instituto Federal de Rondônia também apresentou os vários projetos que a instituição está desenvolvendo em nosso estado.

A Embrapa-Rondônia mostrou algumas das pesquisas voltadas para a agropecuária desenvolvida no Estado. Para isso, a empresa conta com sete laboratórios, com destaque para o campo experimental de Porto Velho.