Ao ser preso, suspeito diz ter matado jovem por ciúmes em Porto Velho

Lucas Barros de Negreiros, de 19 anos, foi morto quando estava na frente de casa. Crime ocorreu no dia 27 de fevereiro, no bairro Aponiã.

Um jovem suspeito de matar a tiros Lucas Barros de Negreiros, de 19 anos, foi preso pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) em Porto Velho no início desta semana. À Polícia Civil, o suspeito confessou o crime e diz ter atirado na vítima por ciúmes.

Segundo a polícia, Lucas foi atacado a tiros enquanto estava na frente de casa, em 27 de fevereiro, no bairro Aponiã.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

Após inicio da investigação, os agentes descobriram que o suspeito dos disparos era Gabriel S.CL, de 22 anos.

O suspeito foi localizado e preso nesta semana e, de acordo com a Civil, Gabriel já tinha uma mandado de prisão temporária expedido pelo crime de homicídio.

Ao ser preso, o jovem falou que matou a vítima motivado por ciúmes.

Pai tentando salvar o filho baleado

 

Lucas foi encontrado, já baleado na frente de casa, pelo próprio pai. O homem ainda socorreu o filho e o levou até a UPA da Zona Leste , porém Lucas não resistiu aos ferimentos.

A namorada de Lucas e um amigo, que estava com ele na hora crime, disseram à polícia que o suspeito teria passado de moto várias vezes na frente da casa da vítima, na noite de 27 de fevereiro.

A namorada chegou alertar Lucas sobre o comportamento suspeito do piloto da moto, mas ele a tranquilizou e disse que conhecia o homem da moto.

Na terceira vez em que piloto da motocicleta passou, o condutor parou o veículo, desceu e, com uma arma em punho, perguntou a Lucas: “por que você fez isso?”. Depois, o suspeito efetuou os disparos na vítima.