Mais de 300 pessoas já passaram pela Biblioteca Viveiro das Letras desde a retomada do atendimento presencial

Local estava fechado em respeito aos protocolos sanitários contra a covid-19

Um protocolo especial foi criado pela direção da Biblioteca Municipal Viveiro das Letras para receber os estudantes e demais pessoas que precisam ir até o local para fazer suas pesquisas. O cuidado vem sendo tomado para evitar a disseminação da covid-19.

Diretor da biblioteca, Alexandre DouradoA biblioteca, localizada na avenida Jatuarana, zona Sul de Porto Velho, retomou, desde o dia 8 de setembro, o atendimento presencial, das 8h às 22h. Segundo a direção do local, mais de 300 pessoas já passaram pela biblioteca desde a reabertura.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Mulher - 970

Na prática, o atendimento presencial deve ser feito mediante agendamento prévio. O solicitante deve ligar no número (69) 98473-6079, das 17h às 21h30, para reservar o dia e horário da pesquisa.

Na chegada, o usuário deve estar utilizando a máscara e se submeter a uma triagem rigorosa, que inclui a aferição da temperatura corporal, lavagem correta das mãos e a utilização do álcool em gel.

Segundo o diretor da biblioteca, Alexandre Dourado, que trabalha no local desde 2017, as medidas adotadas buscam garantir a segurança dos usuários e, ao mesmo tempo, manter o acesso ao acervo de livros e espaço para a pesquisa. “Mesmo com todos esses cuidados, atendemos somente 30 pessoas por dia e cada uma delas pode ficar apenas três horas no local”, explica.Biblioteca conta com um acervo diversificado de obras literárias.

Para o diretor, a leitura foi e tem sido uma ferramenta importante no momento mais delicado da pandemia e também no atual cenário de retomada da rotina. “A leitura é o alimento da mente. A partir do momento em que buscamos o conhecimento, enriquecemos mais a nossa cultura, a informação e a conscientização de nossa participação na sociedade. É a partir dela que nós, cidadãos, podemos desenvolver o senso crítico acerca do mundo”, comentou.

ACERVO

Atualmente, 17 pessoas trabalham na biblioteca, todos vacinados contra a covid-19. O local dispõe de 12 mil títulos dos mais diversos gêneros literários, inclusive didáticos, para atendimento ao público. A unidade já solicitou 256 novos livros à Secretaria Municipal de Educação (Semed). As novas obras devem ser entregues até o final do primeiro semestre de 2022.

AUDITÓRIO E ESTÚDIO

O local também possui um auditório com capacidade para 120 pessoas, funciona um polo do Projeto Superação da Semed, destinado a ajudar estudantes de baixa renda a se prepararem para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A unidade também possui um pequeno estúdio com equipamentos para realização de lives.

SARAU ONLINE

Com o intuito de ajudar as pessoas que estavam em isolamento social, a direção da Biblioteca Viveiro das Letras criou o Sarau Online, que este ano terá a sua segunda edição. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 5 de novembro. Basta clicar no link aqui e preencher um formulário.

“O evento acontecerá em duas etapas, sendo a primeira no dia 8 de novembro e a segunda no dia 22 do mesmo mês. Podem participar pessoas que sabem dançar, cantar, declamar ou mesmo desenhar”, explica Alexandre Dourado.