EUA apresentam projeto de arranha-céu pendurada em asteroide

O revolucionário arranha-céu já é batizado de Analemma

O escritório Clouds Architecture Office, de Nova York apresentou o projeto de um arranha-céu que não fica assente em terra mas sim pendurado em um asteroide em órbita, comunica o Telegraph.

“Após o deslocamento de um asteroide para a órbita da Terra, um cabo altamente resistente manteria o arranha-céu ligado com a superfície do planeta. Devido ao fato de que a torre seria pendurada no ar, a sua construção pode ser efetuada em qualquer lugar do mundo e a torre depois transportada para o lugar final de implantação”, diz o comunicado do Clouds Architecture Office, informa o Telegraph.

O revolucionário arranha-céu, já batizado de Analemma, é dividido em várias seções e poderá se tornar o maior edifício da historia da humanidade a “superar” uma distância de centenas de quilômetros todos os dias, “voando” entre Hemisfério Sul e o Hemisfério Norte. Com informações do Sputnik Brasil.

Fonte: Notíciasaominuto