12 dragas são destruídas em operação para combater garimpo de ouro no Rio Roosevelt, em Rondônia

Com apoio do IBAMA e PM/RO, Operação destruiu 12 dragas que estavam em atividade no Rio Roosevelt.

A Polícia Federal, com apoio do Ibama e da Polícia Militar de Rondônia, deflagrou na quinta-feira (16/2) a operação Submerso, com o objetivo de combater a extração ilegal de minério de ouro no Rio Roosevelt, que, durante o seu percurso, atravessa as Terras Indígenas Roosevelt, Zoró e Aripuanã.

A extração estava em plena atividade, por meio do uso de dragas. Com emprego de produtos tóxicos, esse equipamento revolve o fundo do rio e, por sucção, leva o material até a superfície, para realização do processo de separação em busca do ouro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

A ação, que ocorreu no município de Espigão do Oeste e áreas vizinhas, conseguiu destruir 12 dragas que estavam ativas e ilegais.

O nome da operação se refere ao fato do local onde se encontra o minério e o emprego de mergulhadores pelos garimpeiros no processo de extração do mineral.