Prefeitura monta estratégia para vacinação antirrábica no Parque Circuito

Ação busca atender moradores da região e visitantes a partir de terça-feira (29)

Para facilitar o acesso de animais domésticos à vacinação antirrábica, a Prefeitura de Porto Velho monta, a partir da próxima terça-feira (29), um trailer de imunização no Parque Circuito, zona Norte. O atendimento começará às 8h.

O serviço será ofertado pelas secretarias municipais de Saúde (Semusa), através da Divisão de Controle de Zoonoses em Animais Domésticos e Sinantrópicos (DCZADS), e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

Devem ser contemplados os moradores dos bairros Nacional, São Sebastião, Costa e Silva, Industrial, Liberdade, São João Bosco, Pedrinhas, Olaria, entre outros. “O ponto estratégico está sendo montado tão somente para atender cães e gatos a partir dos três meses de idade. A ideia é proporcionar a vacinação àqueles que têm interesse ao longo desse tempo de oferta das vacinas”, disse o biólogo Edson Cruz, do DCZADS.

Cruz destaca que há anos o município de Porto Velho está com a raiva sob controle em humanos e animais domésticos. Porém, ele observa que a circulação de forma área é constante por conta de mamíferos que albergam o vírus por animais silvestres, a exemplo dos morcegos.

Vacinação contra a raiva busca resguardar saúde dos humanos e animais“A vacina previne que animais não sejam acometidos pela raiva, que é um vírus mortal tanto para os animais quanto para o ser humano e que as pessoas não sejam infectadas através de seus pets. Por isso, a vacinação deve ser mantida rigorosamente”, acrescenta.

Os animais vacinados pela primeira vez precisam de uma dose de reforço em 30 dias.

Já para o secretário da Sema, Alexandro Pincer, essa iniciativa reforça o compromisso montado para o bem-estar animal no âmbito do município. “Temos constantemente mobilizado iniciativas que fortaleçam esse cuidado e garantam mais saúde e segurança aos humanos”.

CARTÃO DE VACINA E ORGANIZAÇÃO

Caso o proprietário tenha a carteirinha de vacinação do pet é aconselhável levar. Mas, se ainda não possuir, poderá ser emitida na hora pelo vacinador. O atendimento não tem prazo de término, mas enquanto houver interesse público ele será mantido na localidade.

Durante a semana será um vacinador por turno e, aos sábados, dois vacinadores disponíveis para o serviço.

SERVIÇO

O atendimento ocorrerá de terça a sexta-feira, das 8h às 17h e aos sábados, das 8h às 14h, nas dependências do Parque Circuito.