Nobel de Química 2021 vai para desenvolvimento de organocatálise assimétrica

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (6), na Academia Real Sueca de Ciências, em Estocolmo, na Suécia

O Nobel de Química de 2021 foi para Benjamin List, do Instituto Max-Planck, na Alemanha, e para David MacMillan, da Universidade de Princeton, nos EUA, pelo desenvolvimento de uma ferramenta engenhosa e poderosa para construção de moléculas orgânicas, conhecida como organocatálise assimétrica.

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (6), na Academia Real Sueca de Ciências, em Estocolmo, na Suécia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

A técnica desenvolvida, no início dos anos 2000, pelos pesquisadores tem impacto na pesquisa farmacêutica e fez a química mais ambientalmente amigável.