Roupas da rainha Elizabeth II não terão mais peles verdadeiras, anuncia Palácio de Buckingham

A decisão, anunciada nesta quarta (6), vale para os novos visuais da monarca; ela não vai descartar as roupas com peles de animal que já possui.

Novas roupas confeccionadas para a rainha Elizabeth II não vão mais usar peles verdadeiras de animais: o anúncio foi feito nesta quarta-feira (6) pelo Palácio de Buckingham, em Londres.

A decisão, entretanto, não vale para as vestimentas que já estão no guarda-roupa da monarca, destacou o palácio – essas a rainha deve continuar a usar, segundo o comunicado divulgado.

A notícia agradou ativistas dos direitos dos animais, que já criticaram Elizabeth II pelas peças de peles de sua coleção de roupas de grife.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Claire Bass, diretora da Humane Society International, disse à Associated Press que a organização está “emocionada por Sua Majestade ter oficialmente se livrado das peles [de animais]”. Ela diz que a decisão da rainha enviará uma mensagem positiva de que peles não são mais consideradas moda.