Surfista Rodrigo Koxa ganha prêmio por maior onda da história

O surfista brasileiro Rodrigo Koxa, de 38 anos, ganhou o WSL Big Wave Awards, considerado o "Oscar" do surfe de ondas gigantes, por ter se mantido de pé em uma onda de 24,38 metros, considerada a maior da história.

O feito aconteceu em novembro do ano passado, mas a premiação foi anunciada na madrugada deste domingo (29) na Califórnia.

O recorde anterior pertencia ao americano Garrett McNamara, que em 2011, surfou uma onda de 23,77 metros, marca inscrita no livro dos recordes. A onda de Koxa foi 61 centímetros maior. As duas ondas foram surfadas no mesmo local, em Nazaré, Portugal, ponto muito conhecido no esporte.

Como parte do prêmio, Koxa, natural do Guarujá (SP), recebeu 25 mil dólares (R$ 86 mil).

Além de Koxa, outro brasileiro foi premiado na noite. O surfista Lucas Chumbo, de Saquarema (RJ), foi aclamado pelo segundo ano consecutivo como dono da melhor performance do ano. Os jurados analisaram o resultado de suas provas ao longo de 2017 e lhe garantiram 20 mil dólares (R$ 69 mil) como premiação.

Na premiação feminina, a brasileira Mayra Gabeira ficou em terceiro lugar. A melhor performance feminina de 2017 ficou com a americana Paige Alms.