Prazo para cadastro no Serviço Família Acolhedora encerra no sábado

A proposta é que as famílias recebam em suas casas, temporariamente, crianças e adolescentes que foram afastadas do convívio familiar por medida protetiva

Famílias que desejam integrar o Serviço de Acolhimento Familiar (SAF), da Prefeitura de Porto Velho, têm até o próximo sábado (20) para fazer cadastro junto à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasf). O formulário está disponível aqui.
De acordo com o balanço do SAF, já foram confirmadas 21 inscrições. Após o cadastramento, as famílias passarão pela etapa de esclarecimentos e preparação para a capacitação, que será on-line, em quatro módulos.
Superadas estas fases, as famílias poderão, mediante aprovação e consentimento, contribuir com o serviço.
A proposta do SAF, segundo Vanuza Marchioli, gerente do serviço, é que as famílias recebam em suas casas, temporariamente, crianças e adolescentes que foram afastadas do convívio familiar por medida protetiva, dando-lhes acolhida, amparo aos direitos básicos, convivência em uma família e comunidade.
Sempre informo às famílias o seguinte: o papel delas é devolver a identidade dessas crianças e adolescentes, justamente pela individualidade que é oferecida a elas no acolhimento familiar”, destacou a gerente.
Ela acrescentou ainda que a família acolhedora contribui para o processo de vínculo do público que faz parte do serviço. “Quando a gente não se apega, não cuida. O vínculo é fundamental nesta relação, pois amplia a rede de afeto e referência positiva que a criança ou adolescente passa a ter na sua história de vida”, completou Vanuza.
ACOMPANHAMENTO
Após o procedimento, que inclui visitas (entrevistas individual e familiar), os interessados passam por capacitação, avaliação e habilitação pela equipe técnica do serviço (psicóloga e assistente social).
Se aprovada a acolhida, um Termo de Guarda e Responsabilidade é emitido a um dos membros da família. O SAF acompanha de perto o relacionamento das famílias com apoio de órgãos do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, além dos conselhos tutelares.
NÚMEROS
Atualmente, o município de Porto Velho tem quatro Unidades de Acolhimento (abrigos), além do SAF. Ao todo, 32 crianças e adolescentes estão integrados nos serviços, algumas delas são irmãos.
PROGRAMA DA CAPACITAÇÃO
As famílias deverão participar das capacitações que vão ocorrer entre 29/03 a 01/04/2021.
No cronograma estão temas ligados aos seguintes assuntos: “A importância do Acolhimento Familiar e as particularidades do município de Porto Velho”, “O SUAS, o ECA e o Acolhimento Familiar”, “Diferenças entre a Adoção e o Acolhimento Familiar”, “O Acolhimento Familiar e as questões processuais”, “O acolhimento do adolescente e suas especificidades”, “O Acolhimento Familiar de crianças e adolescentes com transtornos psiquiátricos, neurológicos e outras necessidades”, “Questões Psicológicas do acolhimento familiar” e “Atribuições e competências da Família Acolhedora e da Equipe do Serviço de Acolhimento Familiar”.
SERVIÇO
Para mais informações sobre o Serviço de Acolhimento Familiar (SAF) entre em contato pelo e-mail: [email protected] ou pelos telefones (69) 99222-4195 / 98473-6021.